Notícias

01/08/2018 - Panorama Farmacêutico

Sete fraudes cometidas contra os planos de saúde



Os atos ilícitos praticados contra as empresas envolvem não apenas pacientes, mas também diversos profissionais e até fornecedores e laboratórios.

Quando se fala em fraudes e até crimes contra os planos de saúde, nos deparamos com um universo amplo de fraudes que vão desde a omissão de doenças na hora de contratar o benefício até o caso de profissionais que direcionam a compra de material médico para fornecedores específicos.

Porém, estes crimes, cometidos por pacientes, fornecedores de materiais fármaco-médico-hospitalares ou até pelos próprios médicos, só geram prejuízos para os consumidores.

Para que você entenda melhor quais são as fraudes maias cometidas contra os planos de saúde, o especialista Gilberto Alonso Junior elencou sete delas.

Confira abaixo:

1) Omissão de doenças pré-existentes por parte do consumidor.

2) Beneficiário permite que outra pessoa use seu plano.

3) Dois recibos por uma única consulta.

4) Alterar para maior o valor do recibo de reembolso.

5) Famílias criam empresas para ter plano empresarial.

6) Direcionamento da compra de materiais.

7) Fraude entre médico e laboratórios farmacêuticos.

Plano de saúde é bom quando atende as duas partes.

Fonte: Elite FM



AVISO: O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. A DEALL R&I, divisão do IBRACAF Ltda., não avaliza as informações contidas neste artigo nem se responsabiliza por elas.